ATD Sistemas

VIGILÂNCIA AMBIENTAL ALERTA PARA COMBATE A PROLIFERAÇÃO DO AEDES AEGYPTI E ESCORPIÕES NO PERÍODO CHUVOSO

Compartilhar:
A Coordenação de Vigilância Ambiental do Município de Princesa Isabel, emitiu um alerta a sociedade nesta quarta-feira (15), para a intensificação do combate ao mosquito Aedes aegypti. Segundo a Coordenadora Mikaely Belo, as últimas precipitações chuvosas propiciam ambientes favoráveis a reprodução do mosquito causador da Dengue, Chikungunya e Zika. “São as recorrentes recomendações que fazemos: o cuidado com o acúmulo de água em recipientes sem tampa, principalmente caixas d’água. Pneus e garrafas ao ar livre também são um perigo para isso. É importante redobrar o cuidado. O período chuvoso chegou. É uma ótima notícia para o nordestino, mas também não podemos esquecer que o mosquito aproveita melhor essa época para sua reprodução.” – disse.

COMO EVITAR A PRESENÇA DE ESCORPIÕES
• Não deixe acumular lixo e entulho nos quintais, jardins, e terrenos
baldios e ao redor das residências;
• Evite a formação de ambientes favoráveis ao aparecimento
dos escorpiões como restos de obras, materiais de construção
e terraplanagem, que possam deixar acúmulo de entulho,
superfícies sem revestimento, umidade etc;
• Coloque o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e
outros insetos;
• Mude periodicamente de lugar materiais de construção que
estejam armazenados e lembre-se de proteger as mãos com luvas
grossas na realização desse trabalho;
• Retire de paredes e muros plantas ornamentais densas, arbustos
e trepadeiras;
• Elimine fontes de alimento para os escorpiões (baratas,
aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados);
• Limpe terrenos baldios situados a cerca de 2 metros
(aceiro) das redondezas dos imóveis ocupados;
• Evite a prática de queimadas em terrenos
baldios, pois desalojam os escorpiões, entre
outros animais;
• Preserve os inimigos naturais dos
escorpiões, especialmente aves de
hábitos noturnos (corujas, joão-bobo
etc), pequenos macacos, quati, lagartos,
sapos, galinhas, gansos etc;
• Evite folhagens de jardins junto às
paredes externas de residências;
• Mantenha jardins e gramados aparados
e bem cuidados.

ASCOM / Ministério 
da Saúde
A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e pessoas sentadas

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson