ATD Sistemas

VEJA

Compartilhar:
A travesti paraibana Flávia Luiza da Silva, de 38 anos, morreu durante o voo entre o Brasil e a França. Ela havia deixado a Paraíba no último dia 2 de dezembro com destino a Itália, onde foi convidada para trabalhar.
De acordo com a família, ela embarcou em Recife e deveria fazer escala em São Paulo e em Paris, antes de chegar na Itália. O corpo foi recolhido pelo Instituto de Medicina Legal de Paris
Uma amiga esperava a paraibana no aeroporto,como ela não chegou, começou uma intensa busca por informações. Após 19 dias, a família descobriu que Flávia estava morta. A família tenta agora trazer o corpo de Flávia Luiza para Paraíba. Ela era natural da cidade de Juripiranga.

PORTAL DO LITORAL

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson