ATD Sistemas

PRINCESA ISABEL

Compartilhar:
Em Princesa Isabel, no sertão, Ricardo Pereira (PSB), prefeito sofre um duro golpe da imprensa local, especificamente da Rádio Princesa FM, que mancha sua linda história de prestações de serviços, não só ao povo de Princesa, como também, das cidades circunvizinhas.
A emissora, agora, estampou em sua fachada, uma bandeira partidária. Só podem usar os microfones da emissora, os políticos contrários à administração de Ricardo, que não poupam o socialista de criticas e denúncias.
Segundo relatos de governistas, ao blog de Júnior Campos, o acordo foi fechado, com o dono da emissora, que é deputado estadual, João Henrique (DEM), e o líder da oposição, Dr. Sidney do PSDB. Em troca do apoio político de Sidney, a emissora bloqueia a participação, não só do prefeito, como de qualquer agente ligado a sua administração.  Algo inacreditável!
 Sem espaço na emissora, nem mesmo para se defender da artilharia dos tucanos em direção ao seu mandato, Pereira tem recorrido ao seu perfil no facebook, para se defender de acusações e críticas a sua gestão.
Na última atualização que fez, Pereira além de acusar a emissora de ser contra a transparência e de caçar o seu direito de resposta - quando é  espancada pelos opositores. O prefeito denuncia que o ex-prefeito, Domingos Sávio (PSDB), acumula R$ 60 mil, sem dá  um dia de serviço, no município de Juru-PB.
“R$ 60.937,32 esse é o valor que o senhor Domingos Sávio recebeu sem prestar serviços, fantasma, nunca foi um dia em Juru, vive falando como o paladino da moralidade, nós pagando todo mês! Cadê o MPF e a PF? A rádio princesa está contra a transparência, contra o povo porquê não permite o contraditório, trocou o papel de informação por supostos votos”, publicou.


VIA - BLOG DO JÚNIOR CAMPOS
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, terno

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson