Designer Gráfico - Jonas Fahelysson

PADRE INTERROMPEU MISSA POR CONTA DE BAGUNÇA POLÍTICA NA FRENTE DA IGREJA, NA NOITE DE ONTEM (3), EM MONTEIRO, NO CARIRI PARAÍBANO E SOLTOU O VERBO CONTRA QUEM NÃO OBEDECE A LEI...

Compartilhar:

Na noite de ontem Sábado (3) de Outubro, de 2020, em uma Celebração na Matriz Nossa Senhora das Dores, em Monteiro, no Cariri da Paraíba, o Padre Interrompeu a Missa e "Protestou" contra o "Barulho deixado por Políticos" em frente a Igreja.

O Padre citou até " Lei Estadual" que segundo ele proíbe o Barulho em Frente a Igrejas. O Padre ainda citou a Cidade de Esperança onde ele disse que Trabalhou por dois Anos.

"Pelo Amor de Deus, que Bagunça é essa ? Eu não sei quem é que vai passando ai com essa Bagunça porque ta todo Mundo dentro de Carro e Craças a Deus não dá pra ver daqui não, que é, mas não é Cristão, não é Cristão, a Líder que  ai  está não é Católica, não é Cristã, seja quem for... Não é... por que ? Sabe que existe uma Lei que proíbe este tipo de Bsngunça em frente das Igrejas aqui. A Lei é Estadual e se eu num me engano também tem uma Lei Municipal e se a Senhora ou a senhorita não está obedecendo é porque não é Líder, não Comanda o Grupo."

Disparou o Padre...

O Religioso ainda dissse que tem outras Cidades por ai, como por exemplo, Esparança, "que lá a Lei é obedecida a risca"...

" Eu morei lá dois anos, lá na frente das Igrejas, eu digo a Católica, a Evangélica qualquer Barulho, até Barulho de Enterro, de frente a Igreja é obedecida. Se vai passando lá também e até nós quando fazíamos as nossa Procissões, quando íamos passando de frente as Igrejas Evangélicas, a Gente por respeito "...

Concluiu o Padre...



Desenvolvido por: Jonas Fahelysson