Designer Gráfico - Jonas Fahelysson

JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE BENS DE PREFEITO E MAIS SETE EM PEDRA BRANCA, NA PB

Compartilhar:

A Justiça decretou o bloqueio dos bens móveis e imóveis do prefeito do município de Pedra Branca, Allan Feliphe Bastos de Sousa, no valor de R$ 339.806,88. A decisão foi tomada após uma investigação apontar que servidores municipais pagavam uma parte do salário que recebiam para que outras pessoas desempenhassem as suas funções.

De acordo com o MP, que instaurou um processo civil público, a prática resultou em enriquecimento ilícito, dano ao erário e violação aos princípios da administração pública. O órgão ministerial aponta ainda que tudo aconteceu com o consentimento do gestor, da secretária municipal de educação e da diretora de uma escola.

O G1 tentou entrar em contato com a prefeitura de Pedra Branca, mas até 17h, as ligações não foram atendidas.

Outras sete pessoas também tiveram a indisponibilidade de bens determinada. O juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto, da 2ª Vara Mista de Itaporanga, destacou que o bloqueio dos bens se justifica para garantir o ressarcimento integral de um eventual prejuízo ao erário.

G1 PB

A imagem pode conter: atividades ao ar livre, texto que diz "FORUM JUIZ JOAO ESPÍNOLA NETO K P"


Desenvolvido por: Jonas Fahelysson