ATD Sistemas

Sete bandidos são mortos em confronto com a Brigada Militar após assalto a bancos em Paraí

Compartilhar:
Sete criminosos morreram em confronto com a Brigada Militar (BM) de Paraí, no Norte gaúcho, na madrugada desta sexta-feira (06). Segundo o delegado Arthur Reguse, o bando tentava atacar, simultaneamente duas agências bancárias na região central do município.
O delegado salienta que a inteligência da BM monitorava o bando. Além disso, os policiais receberam informações do deslocamento dos assaltantes.
Os criminosos chegaram nas agências do Sicredi e Banco do Brasil em dois veículos, um Chevrolet Agile e um Onix. Os veículos têm placas clonadas de Sapucaia do Sul e Porto Alegre.
“As agências são próxima uma da outra, cerca de uma quadra. A Brigada Militar estava com várias equipes e fizeram uma intervenção exitosa simultaneamente. Eram quatro criminosos no Sicredi e três no Banco do Brasil. Mas, não deu tempo [de explodir nada]. A agência do Banco do Brasil está um pouco mais destruída, mas eles não tiveram acesso a nada”, salienta Reguse.
Segundo o delegado, a BM foi recebida a tiros pelos criminosos. Os assaltantes portavam armamento diverso, como espingardas calibre 12, carabina semi automática e pistolas, além dos explosivos para atacar os caixas eletrônicos.
Sobre o confronto, o delegado aponta que “pela dinâmica, se vê que eles [os assaltantes] desceram dos veículos com armas em punho. Eles poderiam ter tido a opção de render, mas escolheram o confronto. Uma vez que o policial está colocando sua vida em risco para fazer a prisão, recebendo disparos de quatro pessoas saindo de um veículo, ele tem que preservar sua vida, da sociedade, dos civis”.

ATAQUE EM SEGREDO

Também nesta madrugada, um grupo criminoso tentou assaltar uma agência bancária no município de Segredo. Ao menos cinco assaltantes participaram do ataque. Eles conseguiram fugir e não há informações se alguma quantia foi levada.

RÁDIO PLANALTO NEWS 
COM INFIRMAÇÕES
 DA RÁDIO GUAÍBA
FOTO - BRIGADA MILITAR - CRPO - SERRA

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson