Designer Gráfico - Jonas Fahelysson

AUTORIDADES DE PRINCESA E REGIÃO REUNEM-SE PARA DISCUTIR MEDIDAS EMERGENCIAIS DE PREVENÇÃO AO COVID-19

Compartilhar:
Os representantes do Comitê Gestor de Crise de Princesa Isabel reuniram-se na tarde de hoje (19) para discutir medidas emergenciais de enfrentamento ao novo coronavírus. Na semana passada a Organização Mundial da Saúde declarou pandemia, devido ao aumento no número de casos de contaminação do vírus em todo o mundo.

No Brasil já são mais de 600 casos confirmados, e na Paraíba quase 100 notificações. Apesar de não ter nenhum caso registrado na macrorregião da Serra de Teixeira, autoridades tem adotado medidas de prevenção.

Participaram da discussão o prefeito Ricardo Pereira, a Gerente da 11ª Gerência de Saúde da Paraíba, Maria Alany
Moura, o diretor da Unidade de Pronto Atendimento de Princesa Isabel, Edísio Francisco da Silva, o Diretor Clínico do Hospital Regional Deputado José Pereira Lima, Dr. Wagner Leite, o comandante da 5ª Companhia Independente de Bombeiro Militar da Paraíba, Capitão Inácio, representantes da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar da Paraíba, coordenadores e representantes de demais unidades e serviços de saúde de Princesa e região.

Dr. Wagner falou sobre o momento que estamos vivendo e pediu a colaboração de toda a população: 

Vivemos um momento atípico, de apreensão, e toda população deve se conscientizar, viver em isolamento, cuidar principalmente dos idosos. Estamos muito preocupados, mas estamos montando um plano, com o nosso comitê de crise, para irmos nos adaptando à situação. Por enquanto, não temos nenhum caso confirmado, nem suspeito no nosso município, mas precisamos unir forças, atender as recomendações das autoridades e ficarmos em casa, garantindo, assim, a nossa saúde e a saúde de muitos.

Algumas medidas já estão sendo adotadas, não apenas no HRPI, mas em todo âmbito municipal, como a suspensão das aulas da rede de educação, a restrição nos atendimentos na Prefeitura, a redução dos horários de visita no Hospital Regional, entre outros.

Ricardo alertou a população sobre a realidade da nossa rede de saúde, que atende não apenas os pacientes de Princesa, mas que é referência para todas as outras cidades da macrorregião da Serra de Teixeira, reforçando que todos devem trabalhar juntos, em prol de algo muito maior:

O grande problema nosso é que a sociedade ainda não caiu na real. A imprensa nunca passou tanta informação e orientação como está hoje, em função de uma doença grave, que afeta todo o mundo. Nós, aqui em Princesa, não temos capacidade para receber mais do que 6 pacientes com respiradores mecânicos. É preciso que sejamos honestos com vocês. Por isso, e por tudo o que estamos vivendo, pedimos que cada um faça a sua parte, fique em casa e proteja-se. Estamos trabalhando em prol de algo maior: a preservação da vida.


Amanhã (20) o governo municipal publicará Decreto Oficial com todas as medidas que deverão ser atendidas pela população. Estamos cientes de que algumas delas geram desconforto num primeiro momento, mas são urgentes e necessárias. E é preciso que façamos a nossa parte. Cada um de nós.
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson