Designer Gráfico - Jonas Fahelysson

POIS BEM... COMO DISSE O POETA RENA BEZERRA, (SEJAMOS RACIONAIS)...

Compartilhar:
Princesa é só euforia
O Jatobá transbordou

O que era morto voltou
A viver com alegria.
O riso é supremacia
No semblante dessa gente
Que sofreu amargamente
Vendo o Jatobá morrer,
Só não vamos cometer
Mesmos erros novamente.

Foi um mês de muitas chuvas

Por toda aquela bacia
Confirmando o que dizia
O prenúncio das saúvas.
Vestiu feito mãos e luvas
Tudo bem precisamente
Na hora devidamente
Que ninguém queria crer,
Só não vamos cometer
Mesmos erros novamente.

Apesar das chuvaradas

Tinha umas barragens na frente
Mas Deus bem rapidamente
Deixou logo abarrotadas.
assim ficaram lotadas
Sangrando diariamente
Que descia plenamente
Pro Jatobá reviver,
Só não vamos cometer
Mesmos erros novamente.

Não vamos nessa jornada

Logo após os agravantes
Usando como foi antes
A nossa água sagrada.
Não vamos lavar calçada
Nem carro indevidamente
Nem deixar completamente
O jardim todo embeber,
Não podemos cometer
Mesmos erros novamente.

Não vamos fazer de novo

Negócio de nossa água
Pra mais tarde um rio de mágoa
Não banhar todo esse povo.
Vamos botar um estorvo
Nos pipas severamente
Pois levaram abertamente
Nossa água pra vender,
Não podemos cometer
Mesmos erros novamente.

Eu nunca mais quero olhar

Princesa passando sede
E a tubulação da rede
Sem ter água pra passar.
Eu não quero mais lembrar
Da cena mais comovente
Os bairros diariamente
Sem ter água pra beber,
Não podemos cometer
Mesmos erros novamente.

A redenção foi chegada

O Jatobá reviveu
O sangradouro desceu
Pela parede molhada.
Só falta nessa andada
O povo literalmente
Ser muito mais consciente
Do que imagina ser,
E nunca mais cometer
Esses erros novamente.


Mote glosa
Rena Bezerra
30/

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson