ATD Sistemas

Silvio Santos castiga Sheherazade após chamar carcereiros de "monstros"

Compartilhar:
Rachel Sheherazade tomou um castigo de Silvio Santos. Ela deixará de apresentar as edições de sexta-feira do SBT Brasil a partir de hoje (9). A punição foi motivada pelas reclamações que o dono da emissora tem recebido sobre as opiniões políticas que a jornalista emite nas redes sociais, sobretudo em seu canal do YouTube, onde faz críticas ao presidente Jair Bolsonaro.

Na segunda-feira (5), representantes do Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo) estiveram no SBT para reclamar de um vídeo intitulado Monstros contra Monstros, no qual Rachel falou sobre o massacre no presídio de Altamira, no interior do Pará, que resultou em 57 mortos, 16 por decapitação. Ela chamou os carcereiros de "monstros".

Irritados com o discurso da jornalista em seu canal no YouTube, eles exigiram que a emissora emitisse um comunicado oficial dizendo que não compactua com as opiniões expressadas por Sheherazade. O pedido de posicionamento não foi atendido, mas Silvio Santos assistiu ao tal vídeo e decidiu castigar a jornalista.

Na carta, o Sifuspesp diz que a jornalista "perdeu completamente a linha e a razão ao atacar os agentes penitenciários" e informou que acionou seu departamento jurídico para abrir uma ação contra a jornalista.

"Primeiro por desrespeitar os agentes penitenciários do Estado de São Paulo e de todo o país ao generalizar a atuação de alguns como se representassem o todo", diz a carta.

"Em segundo lugar, ao generalizar o caso para desferir críticas aos agentes penitenciários, a jornalista Rachel Sheherazade deixou de lado tanto o respeito à categoria, como esqueceu o profissionalismo e um dever básico de todo jornalista: a checagem de informação.".

POR UOL

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson