ATD Sistemas

Além da merenda escolar, operação da PF na Prefeitura de Campina investiga fornecimento de material para Saúde e Assistência Social

Compartilhar:
A Operação Famintos, desencadeada nesta quarta-feira (24) para apuração de irregularidades em licitações na Prefeitura de Campina Grande, detectou indícios de irregularidades em fornecimento de material para outras áreas da Administração Municipal, não apenas em relação à aquisição de merenda escolar.

As informações foram confirmadas pelos órgãos envolvidos com a investigação, em coletiva de imprensa. Além da merenda escolar, as contratações incluíam o fornecimento de material de higiene e de limpeza para outras áreas de governo, a exemplo da Saúde, da Assistência 

A CGU, durante auditoria realizada para avaliar a execução do PNAE no município, detectou um prejuízo de cerca de R$ 2,3 milhões, decorrentes de pagamentos por serviços não prestados ou aquisições de gêneros alimentícios em duplicidade no período de janeiro de 2018 a março de 2019.

A Operação Famintos consiste no cumprimento de 34 mandados de busca e apreensão, 14 de prisão temporária e sete de afastamento de cargo ou função pública nos municípios paraibanos de Campina Grande, João Pessoa e Massaranduba. O trabalho conta com a participação de nove auditores da CGU e cerca de 150 policiais federais.

As informações foram publicadas pelo Jornal da Paraíba.

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson