Designer Gráfico - Jonas Fahelysson

GIVALDO MORAIS DISSE ESTAR SURPRESO COM A ATITUDE DE VEREADOR DO (PSB), QUE ABANDONOU SESSÃO DA CÂMARA QUE REPROVOU CONTAS DO EX - PREFEITO DOMINGUINHOS, O VEREADOR ABANDONOU A SESSÃO E ACOMPANHOU DOMINGUINHOS...

Compartilhar:
O Ex - Vereador e atual Secretário de Infraestrutura do Município de Princesa Isabel, Givaldo Morais,  disse que ficou surpreso com a atitude do Vereador do (PSB), Alan Moura,  que abandonou a Sessão da Câmara na manhã de hoje (29) de Maio. Na ocasião houve a votação e reprovação das contas do Ex - Gestor Dominguinhos, o Vereador Alan Moura abandonou a Sessão e acompanhou Dominguinhos.
"Acompanhei e fiscalizei de perto esta gestão desastrosa deste ex Prefeito. Denunciei varias vezes nas esferas Judiciais, o Tribunal de Contas fez a sua parte e agora a Câmara de Vereadores fizeram a sua, parabéns a todos que permaneceram até o final da Sessão, e quando o ex viu que não iria ter os oito votos a favor dele, se retirou-se, levando com ele, todos vereadores que estavam se articulando para derrubar os pareceres do TCE e da CCJ, pareceres técnicos e analisados pelos melhores funcionários de carreira do TCE. A minha surpresa foi o vereador Alan do PSB, querer concordar com as falhas horríveis deste Prefeito Dominguinhos, por qual motivo será?, uma gestão que deixou varias sequelas irreversíveis por muito tempo a ser concertado na Cidade", disse Givaldo Morais.

A Câmara Municipal de Vereadores de Princesa Isabel, em sessão realizada nesta quarta-feira, rejeitou por 6 votos a zero, as contas públicas dos anos de 2012, 2013, 2014 e 2016, do ex-prefeito Domingos Sávio Maximiano Roberto (Dominguinhos).
Essas mesma contas já haviam sido rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba – TCE-PB, onde foram imputados ao ex-gestor, débitos de mais de 15 milhões de reais, por irregularidades nas aplicações dos recursos, atrasos no pagamento de funcionários efetivos, dívidas com a previdência social, além de despesas não comprovadas de serviços e compras diversas, dentre outros.

O município de Princesa Isabel cobra judicialmente, a devolução desses valores ao patrimônio público municipal.
O prefeito Dominguinhos compareceu à sessão, mas, retirou-se acompanhado dos vereadores Dr. Alan Moura (PSB), Iannara Henrique (PSD), Cleonice Henrique (PDT), Alaelson Henrique (PSDB) e Erivonaldo Freire (MDB), que abandonaram a votação.
As imputações de débitos ao ex – gestor ultrapassam R$ 15 milhões, por irregularidades nas aplicações de recursos públicos, ausência de documentos comprobatórios de despesas, disponibilidades financeiras não comprovadas, falhas relativas às obrigações previdenciárias, não – pagamentos dos pagamentos dos funcionários efetivos, entre outras; o município cobra judicialmente a devolução dos valores.

Espaço aberto para os demais Citados...

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson