ATD Sistemas

Dos 223 municípios paraibanos, apenas oito pagaram benefício dentro do prazo.

Compartilhar:

Levantamento feito pela Federação dos Municípios da Paraíba (Famup) revelou que 96,8%, o que equivale a 216 das 223 cidades do estado, ainda não pagaram o 13º salário aos seus servidores. O prazo estabelecido para o pagamento da gratificação natalina venceu nesta quinta-feira (20).
Ainda conforme a Famup, outros 10,31%, ou cerca de 23 cidades, responderam que não vão conseguir pagar o benefício em 2018, enquanto as demais devem se definir até a próxima semana. A associação não informou quais são estes municípios.
As cidades que já efetuaram o pagamento do 13º foram Monteiro, Campina Grande, João Pessoa, Santa Rita, Cabedelo, Sumé, Alhandra e Gurjão.
Conforme pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o atraso no 13º é apenas uma das consequências da grave situação financeira das cidades. Metade dos municípios de todo o país tem dívidas com fornecedores, e 15,5% dos prefeitos sabem desde já que não poderão pagar em dia os salários de dezembro.
“A situação é mais complicada do que os dados apresentam. Não quer dizer que quem paga em dia não está em dificuldades”, afirmou o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Situação financeira

A pesquisa feita pela CNM também questionou sobre a situação financeira das prefeituras, como o fechamento de contas, o pagamento do salário do funcionalismo e a pontualidade em pagar os fornecedores.
Dos 132 municípios paraibanos que enviaram respostas, 96 confirmaram que a folha de pagamento do mês de dezembro será paga em dia; 20 disseram que iriam atrasar e 16 informaram que não sabiam, pois depende de receitas extras.
A CNM também perguntou se as prefeituras vão conseguir fechar as contas neste ano. 61 municípios paraibanos admitiram que não vão conseguir, 57 afirmaram que sim e 11 disseram que não sabem, pois depende de receitas extras.

VIA - VITRINE DO CARIRI

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson