ATD Sistemas

EMANCIPAÇÃO POLÍTICA: Prefeitura lança série de matérias especiais sobre a história do município de Princesa Isabel

Compartilhar:
Dando continuidade à série de matérias especiais sobre o processo histórico e evolutivo do nosso município, trazemos hoje a construção da primeira capela, sua evolução e transformação em Paróquia.
“Em 1856, o Padre Francisco Tavares Arcoverde, construiu uma pequena capela dedicada a N. Sra do Bom Conselho, próxima da Lagoa da Perdição, atendendo a pedidos de seus fiéis, moradores da Fazenda Perdição e sítios fronteiriços, por promessa de que, se o terrível mal que assolava as Províncias da Paraíba e Pernambuco – o cólera-morbus – não atingisse os moradores do lugar. O Padre Tavares, nascido e morador na região do Riacho do Piancozinho (hoje Municipio de São José de Princesa), trouxe seus irmãos, da família Cavalcanti, para iniciarem as primeiras construções, que deram origem a um pequeno arraial, depois povoado, denominado inicialmente Povoado de Perdição e posteriormente, consolidou-se com o nome de Povoado do Bom Conselho, por conta da capela ter sido dedicada à N. S. do Bom Conselho”.

(Francisco de Carvalho Florêncio - Pesquisador da história do município de Princesa Isabel - Sócio Honorário do IHGP)
A capela veio ao nível de Matriz em 03 de novembro de 1880, subordinada, desde quando era capela, à Diocese de Olinda. Hoje, a Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho faz parte da Diocese de Patos-PB.
Princesa Isabel: 252 anos de história, 143 de Emancipação Política e 97 de elevação à cidade.

Desenvolvido por: Jonas Fahelysson